Vendo Jesus – O Argumento Contra Gravuras do Senhor Jesus

Pinturas de Cristo em retratos ou filmes são vistas comumente como úteis ou, o que é o pior, inofensivas. Porém uma longa tradição do tempo dos primitivos Pais da Igreja tem sido contra tais representações. Este livreto dá a base bíblica por trás desta tradição e argumenta que a visão do seu Salvador que os cristãos têm neste mundo pela fé é inteiramente mais gloriosa do que qualquer coisa jamais imaginada por um artista.

Olhando para um quadro de Jesus, um órfão na Índia disse uma vez para Amy Carmichael, com desapontamento: “Eu pensei que Ele era infinitamente mais bonito do que isto!”. O autor argumenta que o que a representação está pretendendo realizar pode, de fato, ser feito apenas pelo Espírito Santo. Viver o cristianismo espiritual não carece de quaisquer substitutos.

Créditos: Projeto os Puritanos

↓Download

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *