Ivênio dos Santos Arquivo

Alma Nua

O autor trata o Sermão do Monte como “a Constituição do Reino de Deus” e procura explicá-lo a partir das bem aventuranças, transformando cada uma delas em princípios explodidos no corpo do famoso Sermão de Jesus: os pobres de espírito adoram; os que choram