O Glorioso Envangelho


“Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.”
2 Coríntios 5:21

“Em nenhum lugar as Escrituras afirmam que Deus estava sob qualquer compulsão ou necessidade moral de salvar seu povo, como fez: Foi somente pelo Seu soberano beneplácito que Ele criou o método e os meios necessários revelados no Evangelho. Mas tendo ordenado que seu Filho deveria ser ‘nascido sob a Lei’, então era imperativo que as ordenanças da Lei deveriam ser completamente obedecidas. Foi para este fim que Deus mandou seu Filho para ser propiciação pelos pecados, para ‘manifestar a sua justiça’ (Rom 3:25). Assim, de uma maneira especial, Sua justiça foi magnificada pela morte de Cristo. De fato, Deus não pode agir contrário à Sua própria perfeição, mas o exercício da Sua justiça, misericórdia, ou qualquer outro de Seus atributos, são regulamentados somente pela Sua vontade.”

↓Download

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *