O Dinamismo das Tradições do Antigo Testamento

A interpretação da Escritura é e sempre foi problemática, tanto para a sinagoga, quanto para a Igreja. Desejamos interpretar com liberdade para que possa irromper entre nós uma nova percepção e um novo sentido. Dizemos que isso é ação do Espírito. Mas não com tanta liberdade a ponto de a Bíblia se tornar tão-somente um veículo de nossas ideias preferidas. Por outro lado, devemos interpretar com disciplina, de maneira que haja um método eficaz e consistência intelectual em nossa interpretação. Mas não com tanta disciplina a ponto de nossa tarefa interpretativa se tornar fria e inofensiva.

Créditos: Isaac Hudson

↓Download – Opção 1

↓Download – Opção 2

Últimos comentários
  1. admin 24 de julho de 2014
  2. Luís Fernando 12 de julho de 2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *