Meta-História

Temos a tendência de selecionar as passagens bíblicas que melhor compreendemos e, inconscientemente, imaginar que contenham toda a Escritura. Para as passagens que não se afinam com o que entendemos ser a mensagem geral, ou que invalidam nosso sistema já formado, designamos o seguinte arquivo teológico: “As cousas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus” (Dt 29.29a). Creio que esse fato se tornou, lamentavelmente, como uma válvula gasta de panela de pressão, que deixa escapar o ar quente antes da hora. A qualquer dificuldade ou embaraço, lançamos mão da válvula. Mas há uma boa notícia: alguns textos bíblicos constituem verdadeiras “janelas dimensionais”.

Falam sobre outros textos, sobre fatos revelados, explicando-os. Apresentam-se, algumas vezes, numa linguagem alegórica, como que destinados não a revelar fatos, mas a explicar realidades já reveladas. Depois de muito refletir e ouvir amigos, decidi tentar trabalhar com alguns desses textos, buscando um caminho pelo qual eles fossem integrados, com uma função elucidativa, ao corpo da revelação. Nossa intenção, pois, é evitar acionar a válvula “Dt 29.29a” e, assim, entrar por essas “janelas de revelação” sem medo de ser feliz. (Meta-História – A história por trás da história da salvação)

Créditos: Kléber

↓Download

Últimos comentários
  1. Rosemary 31 de dezembro de 2012

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *