Fundamentos para Exegese do Novo Testamento

Estudar as línguas originais tem se tornado uma necessidade numa época difícil e cheia de idéias errôneas sobre a revelação de Deus.

Todavia, entre a vontade de aprender hebraico e grego e a concretização desse anelo há um caminho a percorrer. Os que corajosamente peregrinam por essa senda extraordinária, porém, acabam, na maior parte das vezes, apenas memorizando palavras e regras de morfologia; quando concluem seus estudos sentem-se frustrados por não conseguir resultados muito empolgantes.

Com freqüência, parece haver pouca diferença entre a exegese feita sem o estudo das línguas originais e a realizada depois de um ou dois anos de estudo árduo das línguas bíblicas. O que poucos sabem é que a grande diferença vem com o estudo da sintaxe. É com ele que o estudioso começa a divisar e a compreender o texto bíblico, preparando-se assim para uma exegese sólida e fundamentada do riquíssimo texto inspirado.

Foi com essa visão que Edições Vida Nova decidiu empreeder esforços para oferecer ao amigo leitor Fundamentos Para Exegese do Novo Testamento: Manual de Sintaxe Hebraica, obra introdutória ao assunto, adequada para o contexto brasileiro e preparada pelo Prof. Carlos Osvaldo Cardoso Pinto, homem de experiência internacional, com estudos de pós-graduação em Antigo Testamento no Seminário Teológico de Dallas (EUA), um dos mais bem conceituados seminários na área de estudo das línguas originais da América do Norte.
Créditos: Micscan
Semeadores da Palavra

<<<<<MEGAUPLOAD>>>>>

<<<<<MEDIAFIRE>>>>>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *