Era Karl Marx um satanista?

O livro mostra como Marx, aparentemente um jovem normal e cristão passou para o lado negro da força (familiar esta história, não?).

O livro revela que ele e seus contenporâneos e amigos (Moses Hess, Bakunin, Proudhon, Bruno Bauer, etc) tinham ligações com satanismo.

Os contemporâneos de Marx o descrevem como sendo uma pessoa negativa. Marx deixou seus próprios filhos morrerem de fome. Era um vagabundo que não trabalhava, que vivia do dinheiro de Engels e de alguma eventual herança que fosse lhes deixada por algum parente.

Se alguém tiver a curiosidade de dar uma espiada no “Manifesto Comunista”, verão que alí verte pura energia negativa, além de passagens completamente sem sentido.

Enviado por Morena Ahisa para o Grupo Semeadores da Palavra

LINK RETIRADO A PEDIDO DA EDITORA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *