A ordem de Deus – John A. Mackay

e81opw

Este livro contém a substancia das Preleções Croall, que o autor teve o privilégio de pronunciar na Universidade de Edimburgo, em Janeiro de 1948.
O convite original para pronunciar as Preleções Croall foi-me feito em 1938, durante a presidência do ilustre e erudito ministro, Rev. William A. Curtís, D.D., agora jubilado. As preleções deviam ter sido feitas em qualquer época do ano de 1941. Entretanto, explodiu a segunda Guerra Mundial e, além das dificuldades de viagens transatlânticas, outros motivos, como os meus compromissos no Seminário Teológico de Princeton e na Igreja em geral, por causa da nova situação criada pela guerra, obrigaram ao adiamento das Preleções. Durante os anos seguintes mais de um tema foram apresentados aos Patrocinadores das Preleções Croall, um após outro, aceitos por eles somente para serem mudados de novo.
Mas afinal, foi escolhido o assunto que dá o título a este volume. Convenci-me cada vez mais de que nada seria mais útil à situação atual da Igreja e do mundo, em vista da próxima organização de um Conselho Mundial de Igrejas, em Amsterdã, do que a discussão da Epístola aos Efésios. O fato de se haver mudado o fraseado original da Assembleia de Amsterdã, a meu juízo sem qualquer razão justificável, de «A Ordem de Deus e a Desordem do Homem» para «A Desordem do Homem e o Desígnio de Deus», ainda mais me robusteceu a determinação de conservar no título das preleções de Edimburgo a palavra «ordem» que considerava eu insubstituível, se se quisesse expressar verdadeiramente a ideia fundamental.

Créditos: Arnildo Ikert

↓↓↓ Download do Arquivo ↓↓↓

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *