A Fraude do Código da Vince

Jesus se casou com Maria Madalena, sua legítima sucessora e líder da igreja primitiva. Jesus nunca foi Deus. Trata-se de uma mentira inventada pelo imperador Constantino no Concílio de Nicéia. Os evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João não ensinam a verdade sobre Jesus. A igreja teria escondido os verdadeiros evangelhos escritos pelas seitas gnósticas. Leonardo da Vinci manteve essas informações em suas pinturas mundialmente famosas. Essas afirmações fazem do cristianismo o maior e mais bem engendrado embuste de todos os tempos. Será? Dan Brown, autor do eletrizante romance O código Da Vinci, alega que sua obra é baseada em fatos históricos. Milhões de pessoas têm acreditado nessas inverdades, crendo tratar-se de pesquisa segura e correta. Neste livro, o eminente teólogo Erwin W. Lutzer examina as afirmações de Dan Brown e apresenta respostas claras e bem fundamentadas para esclarecer a confusão em torno da vida de Jesus e da fé cristã. De forma meticulosa e perspicaz, ele desmascara os mitos por trás dessas e de outras lendas, revelando a verdadeira história que existe sub-repticiamente nesse romance. A Fraude do Código Da Vinci é uma defesa clara e contundente da historicidade do cristianismo e da pessoa de Jesus. É também um alerta para que aprendamos sempre a separar a verdade da mentira e a realidade da fantasia.

Créditos: Mazinho Rodrigues

Reedição: Esdras Digital.

↓Download

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *