A Arte de Ler

A Arte de Ler (How to Read a Book) é outro clássico dedicado aos estudantes autodidatas.

O filósofo americano Mortimer Adler trata dos propósitos da escolaridade como um processo de auto governo. Adler destaca a importância da leitura como atividade, visto que, toda leitura de alguma forma deve ser ativa. Desse modo, o leitor terá maior captação e melhor habilidade nas diversas operações que a mente exige. Concluí-se, então, que para a prática da leitura, existem metas pela qual o leitor deverá ter: ler visando à informação e ler visando ao entendimento. À essas metas, associa-se quatro níveis de leitura, conhecidos como níveis de preferência. A mente pode ser aperfeiçoada de três maneiras: através da aquisição de conhecimento organizado nas áreas fundamentais do estudo humano, por exemplo, na língua, literatura, belas artes, matemática, ciências da natureza, história, geografia, e ciências sociais; através do desenvolvimento de competências intelectuais, por exemplo, competências de leitura, escrita, oralidade, escuta, observar, medir, estimar e calcular; e através do aumento do entendimento e apreciação estética. O enfâse ao longo deste currículo deve ser no estudo individual, na construção de um vocabulário comum de ideias, e a passagem de uma aprendizagem simples para uma mais complexa.

NOS VINTE E UM CAPÍTULOS QUE COMPÕE A OBRA, O AUTOR GRAVITA NAS VÁRIAS ETAPAS QUE É NECESSÁRIO PERCORRER PARA SE CHEGAR AO PERFEITO ENTENDIMENTO DA MENSAGEM CONTIDA EM TODO E QUALQUER TEXTO.

Embora escrito na década de 70, o livro apresenta subsídios interessantíssimos para a atualidade, quando os níveis da leitura são apontados desde antes mesmo da leitura propriamente dita. Do ato a arte, querem os autores demonstrar que à medida em que a leitura vai se aprimorando, os níveis e estágios vão sendo galgados tem o ledor condições de se tornar exigente ao ponto de classificar a leitura, fazer uma radiografia do texto, definir a mensagem do autor, criticar, concordar, ou não, dar uma nova conotação, acrescentar falas ao texto. Ademais, acrescenta tópicos em que aborda as maneiras de se ler livros de ficção, filosofia, matemática, história e outras áreas por fim a leitura de um mesmo assunto tratada por autores diferentes e o que os bons livros podem fazer por nós. Do começo ao fim o livro é uma caixa de surpresa. Leva-nos ao fantástico universo da leitura em vários ângulos e nos faz querer galgar passos largos. Leitura essencial.

↓Download

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *